Pages Navigation Menu

Reflexões Pós Impeachment

 

Junho de 2016

O Movimento pela Ética na Política está integrando, a cada dia, novos participantes que se identificam com nossos princípios fundadores, comprometidos com a construção da ética e da participação cidadã, contra a corrupção, contra a gestão clientelista do Estado e por uma política de desenvolvimento inclusiva e cidadã.

A luta pelo impedimento da atual presidente da república é apenas o começo deste processo de reconstrução nacional, que passa, necessariamente, pelo combate à degradação que infesta os quadros políticos e as estatais; contra os movimentos fascistas que parecem ter crescido à sobra da desmoralização das instituições; contra a gestão irresponsável do Estado.

Neste sentido, temos que pensar em formas inovadoras de mobilização e organização social, visando formular propostas de políticas de Estado comprometidas com essas orientações e que sirvam de base para influenciar e para cobrar a coerência dos novos governantes e legisladores.

Já começamos a trabalhar na formulação e discussão de propostas visando a saída da crise, mas com foco em projetos mais avançados de desenvolvimento econômico, de recuperação das políticas de inclusão social, da reforma da previdência, da busca de alternativas objetivas para viabilizar a curto prazo os serviços de educação e saúde.

Como não podia deixar de ser, tudo isto precisa ser respaldado num esforço definitivo para a formulação e a mobilização da sociedade por uma reforma política comprometida, ao mesmo tempo com o combate à corrução e ao clientelismo das funções públicas, mas também, e sobretudo, com um foco definitivo na eficácia administrativa, gerencial e operacional da máquina do Estado, em todas as instancias, Federal, Estadual e Municipal.

A crise atual, e seu desfecho com o impeachment da presidente, deixa claro a importância da mobilização da sociedade civil para definir o destino da nação.  Se há um ganho neste cenário de desgoverno e descarrilamento da economia, é a percepção de que podemos, como indivíduo, atuar de forma eficaz, e com significativa força política para consolidação dinâmica e estrutural da democracia. A tecnologia de informação e comunicação dando suporte as redes sociais e suas inovativas plataformas de comunicação estão desconstruindo as formas arcaicas de representação política – em um processo irreversível de construção de uma nova prática política, onde o cidadão, a cidadã estarão, cada vez mais, no centro das decisões.

MOVIMENTO ÉTICA E DEMOCRACIA
www.etica-democracia.org

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *